T.E.R.R.O.R Gang - Aniquilação Total

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

T.E.R.R.O.R Gang - Aniquilação Total

Mensagem por Belial em Sex Jul 22, 2016 1:15 am

Batendo na cara, chutando a carcaça, eu mesmo trouxe a desgraça
Deixo mutilado, você derrotado, só nisso eu vejo graça
Jogo gasolina, mijo na sua tumba, deixo extinta sua raça
Eu não jogo limpo, o que for preciso, sou amante da trapaça
Se fode otário, sou anti-herói, nasci louco pra matar
Implore, ajoelha, mais fica o recado, não iremos lhe poupar
Juizo final sou armageddon,lúcifer é meu sensei
Sua pele eu rasgo, ta esquartejado,sou doente disso eu sei!

Perito em tortura não meço esforço para te fazer sofrer
Você é a presa,sou eu que te caço, num tem para onde correr
Eu sou as 10 pragas, nada me para,eu quero todo seu sangue
Tudo que sofri, agora devolvo é o efeito bumerangue
Sem escapatória, declaro a vitória, seres humanos são todos escória
Tiramos sua alma, te jogo no limbo, vai ficar só na memória
Se fode agora, a maldade aflora, o meu dia é de glória
No livro da vida eu que sou a morte e a faca a dedicatória

Te deixo descrente, eu fodo até crente, eu te transformo em indigente
Mas fica quietinho, não ligo se sofre, pois pra mim é indiferente
Como terremoto abalo o cenário, avassaladoramente
Tipo terrorista com metralhadora, descarrego todo o pente
Não tem mais conversa, lâmina atravessa, seu funeral vira minha festa
Bondade me estressa, o inferno começa, vou cumprir minha promessa
De acabar com tudo e não sobrar nada, darei tiro na sua testa
E não vem com essa de misericórdia, a violência o que me resta

A cena é gore, ninguém te socorre, no final você aqui morre
Minha ira explode, seu sangue escorre, te mostro o que é horrorcore
Mesmo que te estore ou seu corpo devore,we want make a party
E quando termina eu comemoro, pra acabar fico de porre
Luz, câmera e caixão! Hoje não vai ter perdão
Acabou procê cuzão, vai rolar mutilação
Veja só a decepção, o seu Deus não existe não
Hand of death é a mão que agarra o vacilão

Te calo e não paro, te jogo no ralo, te esmago como o kintaro
Em você escarro, te deixo no barro, na cadeira te amarro
E desço a porrada, e para o jantar o seu coração eu preparo
Eu sei sou bizarro, ninguém tira sarro, com o demônio me comparo
Já tô no esquema, assassino em cena, não há nada que eu tema
Eu tenho um problema, minha ira aqui ferve, cólera que sempre queima

Revanche é o tema, gosto desse assunto, dou risada como hiena
Não tem sentimento, só se for frieza, utopia é sentir pena
Das trevas, soldado, sou o cara malvado, eu to sempre irritado
Não deixo de lado, não sou conformado,pode crê tô mascarado
E já fica avisado, te odeio safado, jamais será perdoado
Pescoço cortado, facão afiado, seu corpo despedaçado
avatar
Belial
Membro

Mensagens : 32
Pontos : 590
Reputação : 3
Data de inscrição : 18/07/2016
Idade : 18
Localização : Jaú,sp

http://becocinefilo.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum