SEMDÓ & PEST - Alucinações Homicidas

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

SEMDÓ & PEST - Alucinações Homicidas

Mensagem por Belial em Sex Jul 22, 2016 1:36 am

Minha gangue formada, mosco vai pra vala
Poucas ideia, os louco retalha
Facada na cara, pisão na cabeça
cortado no meio, pronto pra falência
Mente perturbada, demonios a solta
Capeta do lado e um tiro na boca
Isso aqui é devil shyt, desumano gangue e é poucas
Os louco na noite em busca de carne
Alucinados pronto pro abate
Arranca seus olhos com um alicate
Psico, homicida que só faz maldade
Queimando sua igreja, cagando em cristo
Vomito na porra do seu crucifixo
Seu deus já ta morto, a gente matou
arrancamo a cabeça e o resto queimou
na madruga se ouve um grito
sangue na calçada te deixa aflito
assassinatos de alto sigilo
deforma seu corpo e da sumiço
degola freira, esquarteja padre
um açougueiro cortando sua carne
alucinado pronto pro abate
trombou nossa banca já sabe que é tarde

a ira de azazel que chega mais forte
trombou os demônios, conheça sua morte
tacando uma bomba dentro da sua casa
seu olho arregala e eu queimo com a brasa
o beck carbura e seu corpo também
seu deus foi esquecido não diga amém
psico insano molestando corpos
furo sua cabeça e como seus miolos
o verso do inferno que chega e te corta desumanamente
horrorcore devilshyt pra cristão ficar sem dente
presente no pente vo descarregar, aqui no umbral tu não vem perrecar
garanto minha droga meu vício é seu sangue chapado no osso eu vou te matar
encaro sua igreja como uma piada, seu deus para mim não passa de um palhaço
meu senso de humor quase nulo convoca jesus para sair no braço
enquanto agonizam pessoas imploram um tiro na cara pra cessar a dor
maldade aliada o bem anulado marginais contestam seu podre senhor

Sequestra o boy, põe no cativeiro
Prende na cadeira e quebra inteiro
desova os pedaço, nois é o veneno
minha gangue é insana matador de emo
Deformo sua cara com minha marreta
Abrindo um buraco na sua cabeça
meu grito degola e não toca na rádio
chuto sua cabeça pra fora do estádio
Te trombo na reta e você se fode
acido na cara e seu rosto dissolve
cortando a criança em vários pedaços
alguns eu enterro e outros eu asso
Não vai ter perdão, facão na minha mão
Cortar seus pedaços e deixar la no chão
Não tem compaixão, segura a ferida
É o pest e o semdó esfolando sua vida

Que se foda o tanto que você é alegre, agonia é o que reina e isso me diverte
Retalho sua cara com um canivete, O sangue espirra e eu fico alegre
Arranco seu olho na ponta da faca, te desovei e não sobrou nada
É a machadada que é desferida por um depressivo sujo psicótico
Os bode do caos que já chega chutando os moleque gótico
Se foda os valores, se foda os padrões
Iniquidade é a cura da espécie em meio as suas falsas ilusões


avatar
Belial
Membro

Mensagens : 32
Pontos : 463
Reputação : 3
Data de inscrição : 18/07/2016
Idade : 17
Localização : Jaú,sp

http://becocinefilo.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum